quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

O SEGREDO DOS GIRASSÓIS

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

O SEGREDO DOS GIRASSÓIS

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

https://youtu.be/JzYdvzNuqlA 

O SEGREDO DOS GIRASSÓIS

Minha página no Facebook

PODERIAM CURTIR  A MINHA PAGINA POR FAVOR! https://www.facebook.com/minhasobras2016/


quinta-feira, 5 de maio de 2016

FINALMENTE FOMOS PARA A SEGUNDA EDIÇÃO 2106

O livro foi para a segunda edição 2016 com nova capa e está disponível no clube de autores e no amazon.com vale a pena conferir.


UM OLHAR VALE MAIS QUE MIL PALAVRAS
A HISTÓRIA DE UMA CORTESÃ
Autor: ADRIANA MATHEUS
Sinopse:
Ela era uma moça dedicada à família, cuidava da casa e dos quatro irmãos: Eulália, Pietro e as pequenas gêmeas ainda recém-nascidas. No entanto, em troca recebeu a traição como paga...

Vendas: Aproximadamente nenhum exemplar vendido .
Preço de venda (Versão impressa): R$ 24,31
Comissão recebida por unidade: R$ 0,00
Preço de venda (Versão ebook): R$ 9,69
Comissão recebida por unidade: R$ 0,00
Edição: (2) (2016)
ISBN: 978-85-65588-01-0
Número de páginas : 190
Tópicos: Romance, Horror, Religião, Ficção .
Palavras-chave: ficção .

 LINK PARA COMPRAS :

C DE AUTORES:https://www.clubedeautores.com.br/book/208607--UM_OLHAR_VALE_MAIS_QUE_MIL_PALAVRAS#.VyuSx9UrLcs

AMAZON.COM https://www.amazon.com.br/OLHAR-VALE-MAIS-QUE-PALAVRAS-ebook/dp/B00PB73HIO?ie=UTF8&*Version*=1&*entries*=0


SARAIVA: http://www.saraiva.com.br/um-olhar-vale-mais-que-mil-palavras-5837646.html








DHARA - UMA MULHER ENTRE DOIS MUNDOS

É com muito prazer que lhes apresento a mais nova de  minhas criações. 
Dhara é um romance de ficção que mistura amor e  orgulho, mas verdade é que Dhara é uma deliciosa trama  aonde um homem orgulhoso rende-se aos encantos de uma jovem cigana e aprende que nada nesse mundo é mais importante do que o amor. 

AGUARDEM EM BREVE NO DISPONÍVEL NO WATTPAD E AMAZON.COM

Em um mundo a onde ainda acreditava-se em deuses e seres místicos, um jovem casal vê-se  diante a uma difícil decisão - a escolha, entre o amor e a razão. Enfrentando a fúria de um deus ciumento e possessivo eles acabam sendo separados pelo destino.

O que será que acontecerá com o casal de enamorados? Será que vencerá o amor ou a razão falará mais alto?

‘Não importa as escolhas que façamos, o importante é quando olhamos na mesma direção’.
Adriana Matheus

Nem sempre o que desejamos é aquilo que merecemos.  Almejamos muito mais do que realmente somos capazes de alcançar.  Trabalhamos muito pouco para que possamos merecer um mérito tão alto, ou seja, somos incapazes de nos tornar melhor em capacidade de administrar nossas vontades. Nunca alcançaremos um real lugar ao lado do Pai, porque vivemos por nossa vaidade.




Nem sempre o que desejamos é aquilo que merecemos.  Almejamos muito mais do que realmente somos capazes de alcançar.  Trabalhamos muito pouco para que possamos merecer um mérito tão alto, ou seja, somos incapazes de nos tornar melhor em capacidade de administrar nossas vontades. Nunca alcançaremos um real lugar ao lado do Pai, porque vivemos por nossa vaidade. 

domingo, 22 de fevereiro de 2015

E o sonho  tornou-se  realidade.
 A menina que antes escrevia em  papel de embrulhar pão, agora da entrevista para uma das maiores revistas de divulgação literária do país e de Portugal.  

Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia

.




Divulga Escritor > Adriana Matheus - Entrevistada

Adriana Matheus - Entrevistada

A autora Adriana Matheus nasceu em Juiz de  Fora – MG – Brasil em 01/10/1970. A autora escreve desde os 14 anos de idade. Já participou de diversos concursos de literatura. É autora de dezessete obras sendo que, 10 estão publicadas e 7 ainda em construção. A autora faz parte da Academia Lusa Brasileira de Letras da cidade de Juiz de Fora - MG e já concorreu a vários prêmios de literatura, inclusive ao prêmio da Lei Murilo Mendes dessa cidade em 2010 e 2012. A autora é Ghost Writer de diversos outros autores, editoras  empresários e atores famosos etc. “Por se tratar de uma obra que relata sobre a inquisição espanhola eu precisei pesquisar muito para que essa obra não tivesse falhas e como aqui, em minha cidade não existia muito aonde eu pesquisar tive que contar com a internet e com a ajuda de amigos que moram na Espanha para com que assim eu pudesse dar continuidade a esse sonho que estava quase indo para a gaveta.”
Divulga Escritor - Escritora Adriana Matheus, é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos o que a motivou a ter gosto pela literatura?

Adriana Matheus - O prazer é todo meu. Bom..., Tudo começou com muita leitura, iniciativa própria e uma enorme vontade de ser escritora. Foi ainda na fase de criança e adolescente que descobri Dan Brown, adorava ler seus livros de mistérios.  – ainda não escrevi um romance com personagens brasileiros, mas também amo a literatura nacional, embora a minha preferencia seja o espiritismo e os clássicos e os épicos. Ultimamente tenho descoberto novos caminhos através da literatura infanto-juvenil, e infantil.  O que me surpreende é estou sendo bem aceita nessa área, na verdade pra mim foi uma surpresa, pois nunca havia escrito para crianças e adolescentes.

Divulga Escritor - Conhecemos as dificuldades que encontramos de se trabalhar com Literatura, de que forma você vem vencendo estas dificuldades,  se destacando como profissional literária no Brasil?

Adriana Matheus - PERSEVERANÇA.  Obstáculos sempre existirão  e portas sempre se  fecharão o importante é nunca desistir. Eu pessoalmente  so escuto um “NÃO” após ouvir um “SIM”. Ou seja, nunca desisto. 

Divulga Escritor - Você hoje tem 14 obras publicadas,  em diferentes segmentos literários, de forma resumida, conte-nos como vem surgindo novos segmentos literários, desde a sua primeira obra até os dias atuais.
Adriana Matheus - Na verdade são 17 sendo que, 10 estão publicadas e 7 ainda em construção.
Alguns  aqui de Juiz de Fora –MG- Brasil, dizem que sou uma máquina de escrever.  Não sei ao certo como as ideias surgem, as vezes estou no meio de um história e pronto lá vem a ideia de outra, ai eu paro a que estou escrevendo e começo a nova para não perder a ideia. Eu atualmente estou escrevendo várias histórias ao mesmo tempo. A vida de um escritor é solitária meio excêntrica - , acho que temos ideias demais , deve ser isso. ( risos). 

 Divulga Escritor - Qual o livro que demorou mais tempo para ser escrito e publicado? Que temas você aborda neste livro? 

Adriana Matheus - O SEGREDO DOS GIRASSÓIS – O diário de  Anna Goldin . A inquisição espanhola, vidas passadas, amor e bruxas. – A mensagem  do livro é não sentir vergonha dos caminhos que escolhemos e nunca negar a nossa essência como ser humano. Demorou 5 anos para eu pudesse escrevê-lo. Foi o meu primeiro livro e eu estava crua na área.  Fui muito criticada porque nunca havia escrito nada e o livro parecia uma colchinha de retalhos e eu precisava de paciência para montá-lo. Ele passou por 3 correções ortográficas, tem 596 páginas e 7 capítulos.  Acho que é a minha obra prima.  Por se tratar de uma obra que relata sobre a inquisição espanhola eu precisei pesquisar muito para que essa obra não tivesse falhas e como aqui, em minha cidade não existia muito aonde eu pesquisar tive que contar com a internet e com a ajuda de amigos que moram na Espanha para com que assim eu pudesse dar continuidade a esse sonho que estava quase indo para a gaveta.  O tema embora seja a inquisição, trata-se também de um romance épico leve  a onde eu trago para o leitor uma personagem extremamente forte que é a Anna Goldin, uma jovem bem humorada e muito determinada.  So posso dizer uma coisa:-,  Valeu a pena.  Eu arrisquei  e apostei em mim mesma entrando para um mundo onde a disputa é imensa e o reconhecimento é quase zero.  Bom, no ano de 2011 eu resolvi  publicar por conta própria  esse livro arrisquei mais ainda quando de cara eu  fiz uma triagem de  2000 mil exemplares -, pensei que não conseguiria vender, mas vendi tudo e o livro é um sucesso que já está indo para a segunda edição. É meu livro que mais vendo no site: -Amazon.com.  Esse sucesso   me rendeu 3 prêmios de literatura - o prêmio Excelência em literatura – dado pela prefeitura de minha cidade,  o selo de boa escolha pela Agbook e também foi considerado por um jornal local como uma obra rica em léxico. Esses títulos me abriram as portas para a Academia Luso Brasileira de Juiz de Fora – MG.

Divulga Escritor - Agora, gostaríamos de saber sobre a construção do livro que demorou menos tempo para ser escrito e publicado. O que a motivou a escrever de forma mais intensa que os demais livros escritos?

Adriana Matheus - UM OLHAR VALE MAIS QUE MIL PALAVRAS – A História de uma cortesã.  Demorou 4 meses o livro tem 3 capítulos 160 páginas.  Eu creio que já estava mais experiente quando escrevi este livro já tinha outras cinco obras publicadas e  depois da experiência demorada do SEGREDO DOS GIRASSÓIS, achei que o meu leitor merecia algo mais leve  e foi um tiro certeiro, acho que é isso o leitor quer uma leitura menos cansativa e bem rápida. O amor me incentivou a escrever esse livro a.
 Divulga Escritor - Em que momento pensou em escrever “O Segredo dos Girassóis – O diário de Anna Goldin”?

Adriana Matheus - Bom, no ano de 2010 eu sofri um acidente que quase me deixou em uma cadeirada rodas e nessa época ainda dentro do hospital eu sonhei com toda essa história e por algum motivo oculto ela so saiu do meu pensamento quando eu tive a coragem publicá-la.

Divulga Escritor - Qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através desta obra literária?

Adriana Matheus - Para o amor nada é impossível, mesmo que amemos a distância ele sempre vai vencer as barreiras do tempo para que as pessoas possam se encontrar e serem felizes.
 Divulga Escritor - Onde podemos comprar os seus livros?

Adriana Matheus - No site da  Editora Ixtlan e no Amazon.com 

Divulga Escritor - Quais os seus principais objetivos como escritora?

Adriana Matheus - Firmar contrato como uma editora Europeia que se interesse por minhas obras, ser reconhecida internacionalmente e tronar o livro O SEGREDO DOS GIRASSÓIS um script para filme.

 Divulga Escritor - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário no Brasil?

Adriana Matheus  Triste, infelizmente algumas editoras limitam-se muito a “certos” níveis de literatura o que deixa para traz muitos bons talentos brasileiros etc. Acho as editoras deveriam ser menos mercenárias e explorar menos o telando dos novos autores e principalmente abrir as portas.

 Divulga Escritor - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor a Escritora Adriana Matheus, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Adriana Matheus - Em primeiro lugar, muito obrigado por me permitir falar um pouco sobre mim e sobre meus livros.
‘Nunca desistam de seus sonhos, o que torna algumas pessoas fracassadas e perdedoras não é a falta de recurso financeiro é preguiça’.
Grande abraço dessa autora que muito vos ama,
Adriana Matheus
 Participe do projeto Divulga Escritor

 



sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

LEIAM NO WATTPAD TODOS OS CAP. GRATUITAMENTE DE : 

http://www.wattpad.com/103137624-medusa-esquecida-e-amaldi%C3%A7oada-cap-iii-o-final-do/page/2?d=ud 
MEDUSA ESQUECIDA E AMALDIÇOADA

 TRATA-SE DO MEU PRIMEIRO CONTO ERÓTICO...

 A CAPA

 A CONTRA CAPA

DIZER DA CONTRA CAPA

Medusa era a mais bela sacerdotisa do templo da deusa Palas Atena, a Deusa da Guerra e maior deusa grega da antiguidade. Era tão linda que tanto os homens quanto os deuses a cobiçavam. Ela chegou a ser assediada por Poseidon, deus dos mares. Irritada com a situação, Atena jogou contra Medusa toda a sua fúria e determinou a ela um destino terrível, transformando-a em um monstro.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Significado de Metáfora

O que é Metáfora?

Metáfora é uma figura de linguagem em que há o emprego de uma palavra ou uma expressão, em um sentido que não é muito comum, em uma relação de semelhança entre dois termos. Metáfora é um termo que no latim, "meta" significa “algo” e “phora” significa "sem sentido". Esta palavra foi trazida do grego onde metaphorá significa "mudança" e "transposição".

Metáfora é a comparação de palavras em que um termo substitui outro. É uma comparação abreviada em que o verbo não está expresso, mas subentendido. Por exemplo, dizer que um amigo "está forte como um touro". Obviamente que ele não se parece fisicamente com o animal, mas está tão forte que faz lembrar um touro, comparando a força entre o animal e o indivíduo.

A metáfora é uma ferramenta linguística muito utilizada no dia-a-dia, sendo importantíssima na comunicação humana. Seriamente praticamente impossível falar e pensar sem recorrer à metáfora. Uma pesquisa recente demonstra que durante uma conversa o ser humano usa em média 4 metáforas por minuto. Muitas vezes as pessoas não querem ou não conseguem expressar o que realmente sentem. Então falam frases por metáforas onde seu significado fica subentendido.

Exemplos de metáforas

Eu estou sempre dando murro em ponta de faca.
Eu carrego o mundo nos meus ombros.
Os jogadores já estão preparados e estão no gramado que é um lindo tapete verde.

Metáfora do Iceberg

A Metáfora do Iceberg consiste no facto que muitas vezes a parte visível de um iceberg desde a superfície é muito pequena quando comparada com a parte do iceberg que está submersa. Esta metáfora tem sido muito usada para explicar vários fenômenos sociais. A metáfora do iceberg é frequentemente usada para descrever a mente humana, em que a parte que fica à superfície é a parte consciente e a maior, a submersa, é a parte relativa ao subconsciente.
Esta metáfora pretende fazer com que as pessoas entendam que muitas vezes há muito mais verdade além do que os nossos olhos conseguem ver. Através dela também podemos aprender que há muita coisa além do superficial e que muitas vezes tem mais valor do que o que está à superfície e é visível para todos.

Metáfora da Vida Cotidiana

Metáfora da Vida Cotidiana (em inglês: Metaphors We Live By) é um livro da autoria de George Lakoff e Mark Johnson.
Esta obra causou um grande impacto no mundo acadêmico e segundo Kanavillil Rajagopalan, já conquistou o lugar de "clássico". George Lakoff e Mark Johnson abordam a metáfora e o seu impacto no ser humano, e com este livro desafiam a forma de pensar que vê a metáfora como um simples enfeite do pensamento. De acordo com os autores, o próprio pensamento e desenvolvimento cognitivo do ser humano está estruturado graças à metáfora, pois elas estão ligadas à forma como vemos e apreendemos o mundo externo.
No livro Metáforas da Vida Cotidiana, os autores afirmam: “A essência da metáfora é a compreensão e a experiência de uma coisa em termos de outra”.

EXEMPLOS DE METÁFORAS VISUAIS

Significado de Eufemismo

O que é Eufemismo:

Eufemismo é um tipo de linguagem que substitui um termo, ou uma expressão rude, por outro mais suave e agradável, para que a pessoa não se ofenda. O eufemismo tem o objetivo de suavizar uma palavra ou expressão.
O eufemismo é muitas vezes utilizado com um sentido pejorativo e inadequado, geralmente em frases que se referem à morte. Frases como "Ir para a terra dos pés juntos", "Comer capim pela raiz", "Vestir o paletó de madeira", são eufemismos e são indelicadas ao mesmo tempo.
O eufemismo também pode ter um caráter cômico, geralmente presente em expressões populares. Porém, como diz a própria definição, não deve ser usado quando o assunto é mais polêmico ou de grande impacto, como a morte, pois acaba perdendo a sua função.

Frases com exemplos de eufemismo

"Você é desprovido de beleza." (Para não chamar a pessoa de feia)
"Você faltou com a verdade." (Para não chamar o indivíduo de mentiroso)
"Ele virou uma estrelinha." (Em vez de morreu)
"Ele subtraiu o celular do idoso no ônibus." (Em vez de dizer que roubou)
"Ele vivia de caridade pública." (Para não falar esmolas)
"Ele foi morar junto com Deus." (Para não falar que morreu).
EXEMPLO DE EUFEMISMO VISUAL

PLEONASMO É PERIGOSO É VICIOSO

O que é Pleonasmo:

Pleonasmo é uma figura de linguagem usada para intensificar o significado de um termo através da repetição da própria palavra ou da ideia contida nela. A palavra pleonasmo tem origem no latim "pleonasmu" e significa redundância.

Exemplos de Pleonasmo

No poema de Manuel Bandeira, na frase, "Chovia  uma triste chuva de: -, resignação", o autor ao usar a palavra chuva, repete a ideia já contida no verbo chover (chovia chuva). 

Essa repetição foi usada para reforçar a expressividade do verbo chover.

"Quando hoje acordei, ainda fazia escuro.

(Embora a manhã já estivesse avançada), Chovia.
Chovia uma triste chuva de resignação
Como contraste e consolo ao calor tempestuoso da noite".

Pleonasmo Intencional

O pleonasmo intencional é usado como recurso de estilo, quando se pretende que o leitor ou o ouvinte, se surpreenda, e fique mais atento ao que está sendo escrito ou falado.
Na música - Valsinha - de Chico Buarque de Holanda e Vinícius de Morais, podemos encontrar um pleonasmo:
"E alí dançaram tanta dança,
que a vizinhança toda despertou".

Pleonasmo Vicioso

O pleonasmo vicioso de linguagem é a repetição supérflua da palavra ou da ideia contida nela, são vícios de linguagem. Por  exemplo: 

"Entrar para dentro."

"Sair para fora."
"A brisa matinal da manhã."
significado de Pleonasmo está na categoria: Língua Portuguesa
EXEMPLOS VISUAIS DE PLEONASMOS





terça-feira, 12 de agosto de 2014

DESPENDIDO-ME DO MEU IDOLO - ROBBIE WILLIAMS MORTE

Queria ter podido dizer. Não parta... Não se vá! Mas, vejo a alma humana de outra maneira e a dor por traz dessa pessoa que aparentemente era feliz e sorridente falou muito mais alto do que qualquer explicação. Fui criticada quando usei essa expressão: - “dos meus olhos escorre o mar da minha alma”. O que eu quis dizer é que a dor era tão grande que ninguém nesse mundo poderia medi-la... Às vezes para algumas pessoas que sentem essa dor que é tamanha e que dá quase para se tocar... tem horas que ela chega com tanta veracidade que a morte parece um ser o único consolo... poucos são os que conseguem ser forte quando ela chega. Muitos estão assim como eu, ou exclamado ou criticando ou simplesmente dizendo: - poxa o cara era famoso rico sei lá mais o quê!, Mas so Deus sabia o tamanho da dor daquela alma. O problema não é quando a dor escorre nas faces, o problema é quando deixa de rolar...quando ela seca, porque ai ela não tem com sair e sufoca. A você que eu nunca conheci, mas que muito admirei, deixo a minha dor de saudade rolando nas minhas faces... enquanto elas ainda não secam e eu tenha que partir, sem me despedir.


Foto: Queria ter podido dizer. Não parta... Não se vá! Mas, vejo a alma humana de outra maneira e a dor por traz dessa pessoa que aparentemente era feliz e sorridente falou muito mais alto do que qualquer explicação. Fui criticada quando usei essa expressão: - “dos meus olhos escorre o mar da minha alma”. O que eu quis dizer é que a dor era tão grande que ninguém nesse mundo poderia medi-la... Às vezes para algumas pessoas que sentem essa dor que  é tamanha e que dá quase para se tocar...  tem horas que ela chega com tanta veracidade que a morte parece um ser o único consolo... poucos são os que conseguem ser forte quando ela chega. Muitos estão assim como eu, ou exclamado ou criticando ou simplesmente dizendo: - poxa o cara era famoso rico sei lá mais o quê!, Mas so Deus sabia o tamanho da dor daquela alma. O problema não é quando a dor escorre nas faces, o problema é quando deixa de rolar...quando ela seca, porque ai ela não tem com sair e sufoca.  A você que eu nunca conheci, mas que muito admirei, deixo a minha dor de saudade rolando nas minhas faces... enquanto elas ainda não secam e eu tenha que partir, sem me despedir.

domingo, 10 de agosto de 2014



RESPONDENDO E TIRANDO DÚVIDAS SOBRE AS PERGUNTAS DE QUANTO É UM TRABALHO DE ESCRITOR FANTASMA:


Sai muito caro o serviço de um Ghost Writer?

R = Não, não sai muito caro. Considerando a relação custo/benefício, pode sair até muito barato. De um modo geral, somente depois de um exame de cada caso concreto se poderá fazer um orçamento.
Tudo dependerá do tempo que o escritor fantasma for gastar no seu projeto.
O preço poderá subir se houver necessidade de longas entrevistas gravadas a serem transcritas, de levantamento bibliográfico sobre o tema, de pesquisas em bibliotecas ou arquivos, de análise pormenorizada de livros de atas ou correspondências antigas, de obtenção de certidões em cartórios, de tradução de documentos estrangeiros, de levantamento iconográfico para ilustrar a obra, de eventuais viagens.
Quando menos tempo o trabalho tomar, tanto mais será reduzido o seu preço. 
Conforme o gênero do trabalho, ele às vezes sai por preços espantosamente reduzidos. A redação de uma autobiografia completa que dê, depois de impressa, um volume de 100 páginas, ou de um livro de recordações familiares das mesmas dimensões, poderá sair por somente R$ 5.000,00 ou pouco mais do que isso. E ainda o pagamento poderá ser feito em duas vezes.

Para trabalhos mais longos e complicados, o preço naturalmente será mais elevado. Mas ele nunca será alto demais, se você considerar que ficará exclusivo dono dos direitos autorais do livro.
De fato, quando ele for vendido em livrarias 20% da venda de cada exemplar lhe serão pagos a título de direitos autorais. Se a venda for boa, você recuperará o que investiu e até ganhará muito dinheiro.
E você gozará com total exclusividade de algo que vale muito mais do que dinheiro: gozará do prestígio, da glória e da fama que lhe renderá a publicação de seu livro.
De fato, nada, absolutamente nada, paga suficientemente a alegria que você terá ao ver seu nome impresso na capa.
Ou ao ver diante de si uma longa fila de pessoas com o seu livro na mão, esperando pacientemente para terem um exemplar autografado.
Ou o gostinho especial que terá ao visitar uma Bienal do Livro com um crachazinho especial que o credencia como autor...
Só quem já passou por esses momentos felizes pode avaliar corretamente o significado profundo que eles têm na vida de uma pessoa.
* * *
Se não se tratar de um livro, mas de algo menor, os preços serão muito mais reduzidos.
A redação de um artigo para jornal ou revista poderá custar de R$ 100,00 até R$ 1.000,00, dependendo da pesquisa e do tempo utilizado, e do número de laudas que tiver o trabalho.
A confecção de um discurso, conforme suas dimensões poderá sair de R$ 200,00 até R$ 1.000,00.
A redação de uma carta impugnando a multa injusta do Detran pode custar somente R$ 30,00. Uma carta mais complicada a uma companhia de seguros ou um plano de saúde exigindo o reembolso de uma determinada quantia poderá custar por volta de R$ 100,00.
A criação do texto de um folheto de propaganda, ou a redação de uma carta para mala-direta poderá custar por volta de R$ 400,00.
Todas essas quantias são aproximativas, apenas a título de exemplo. O orçamento definitivo só lhe será dado após o estudo minucioso do seu caso concreto.
Para você, tudo depende de encontrar um bom Ghost Writer.

Como saber se um Ghost writer é bom mesmo?

R = Todo escritora fantasma é autor de suas próprias obras, então o mais viável é ler algumas dessas.

sábado, 9 de agosto de 2014

OFEREÇO MEUS SERVIÇOS COMO : - Ghost-writer

Boa tarde meus caros amigos, como todo mudo já está carequinha de saber, além de escritora trabalho também como Ghost writer, ou seja, (escritor fantasma) presto esse tipo de para outros autores, empresários etc., porém não é um serviço barato. Então, se alguém tem interesse que eu escreva um texto, envie-me seus dados e pseudônimos mais um resumo completo da obra que será supostamente digitalizada para (amatheus07@hotmail.com), lembrando-lhes o seguinte, trabalho com uma equipe, escrevo e após o trabalho concluído repasso para uma corretora ortográfica e gramatical (mesmo porque, não tempo para corrigir os trabalhos) após ela orçar o preço dela, eu junto ao meu e repasso para o cliente.  O cliente recebe um capitulo a cada três meses para que ele o analise, dependendo de como fluirá o trabalho, pode ser que eu lhes envie muito antes ok?  
Observação não pego biografias. A não ser... que, o cliente assine um contrato registrado em cartório se responsabilizando por tudo o que me relatar, sendo por escrito vídeos ou áudio.  

PARA QUEM NÃO SABE O QUE É UM GHOST WRITER:

- Ghost-writer
Escritor-fantasma é como se chama a pessoa que, tendo escrito uma obra ou texto, não recebe os créditos de autoria - ficando estes com aquele que o contrata ou compra o trabalho. Por isso trabalho caro. Sugiro que consultem preços pela internet antes de orçarem um compromisso comigo, mas lembrando-lhes, que estou com preços promocionais até dezembro.


sexta-feira, 8 de agosto de 2014

ESCREVENDO UM POEMA ÉPICO...

Criado por Sabrina L. Furtado
Você está interessado em escrever poesia, mas nunca encontrou a válvula de escape para sua criatividade? Quer chegar ao patamar de Homero e Hesíodo? Talvez você queira escrever um poema épico.

Passos

  1. 1
    Leia poesia épica. Afinal de contas, você está fazendo isso para fazer parte da tradição! Um poeta épico deveria, pelo menos, ler Homero. Ler épicos fará você entender bem do que eles se tratam. Isso também trará inspiração para você escrever seu próprio poema épico, a ler mais textos do tipo e se tornar um heroi desbravador dos mares.
  2. 2
    Comece pelo heroi. Poesia épica sempre trata da aventura de um heroi. Observe, por exemplo, Odisseu de Homero, Éneias de Virgílio, Gilgamesh ou Beowulf. Você já deve estar familiarizado com os traços heróicos como bravura, justiça e virtude. Nos épicos clássicos, os herois também tendem a ser orgulhosos e insensíveis. Esses defeitos tornam seu heroi interessante.
  3. 3
    Planeje sua jornada épica. Que desafios seu heroi enfrentará e por quê? Seu heroi pode começar uma jornada em busca de algo ou para salvar alguém, ou até mesmo uma longa jornada de volta para casa após uma guerra. Talvez seu heroi ainda esteja no calor da guerra. Pense em reviravoltas e complicações que podem "engrossar" essa jornada. Você descobrirá nos clássicos que deuses enciumados e de temperamento explosivo têm um papel tão importante no que diz respeito às complicações do enredo quanto os defeitos do seu heroi.
  4. 4
    Clame às deusas da arte! Agora você está pronto para começar a escrever seu épico. Isto é opcional (pois é uma característica da poesia épica greco-romana). Mas, se você quiser que seu épico tenha aquela forma clássica, você deveria começar invocando uma deusa. "Cante para mim, ó deusa..." é um tipo de invocação. Essas deusas da mitologia clássica, também chamadas de musas, inspiravam os escritores. Havia uma deusa padroeira para cada estilo poético. A deusa que inspirava os épicos era Calíope. John Milton também fez uso desse artifício quando escreveu seu épico cristão "Paraíso Perdido". Fato interessante, ele invoca a "deusa dos céus". Um artifício com o qual ele substitui o Deus judaico-cristão pelas deusas gregas da inspiração.
  5. 5
    Escreva! Esta é a parte divertida. Você pode escrever seu poema de qualquer forma, com ou sem métrica. Ninguém deve lhe dizer que formato sua escrita deve ter. Se você deseja escrever no estilo de Homero, Virgílio, Hesíodo e outros poetas clássicos, use métrica. A que eles usavam era o hexâmetro datílico, ou versos compostos por seis dátilos. As poesias latinas e gregas antigas não rimavam, portanto, a sua também não precisa.
  6. 6
    Dê nome à sua obra. Quase sempre, os épicos levam o nome de seu heroi. "A Odisseia" tem esse nome por causa de Odisseu. "Eneida", por causa de Eneias. "A Epopeia de Gilgamesh", por causa de Gilgamesh. Às vezes, a obra leva o nome de um grupo de pessoas, como "Os Argonautas", por causa dos marinheiros de Argos. Porém, a maioria dos épicos heróicos levam o nome de seu heroi. O título tem de invocar a grandeza de seu poema.
  7. 7
    Publique sua obra. Isto é crucial se você quiser tornar seu nome conhecido. Se você conseguir metade do sucesso de Ovídio, é provável que você inspire muitos escritores por pelo menos alguns séculos. Talvez você tenha dificuldades para publicar sua obra através de uma editora conhecida. Elas costumam estar atrás de romances. Porém, existem muitos recursos online para você. Entre em contato com editoras menores, os preços costumam ser bastante acessíveis.